Pagar menos impostos em conformidade é possível. Confira 4 motivos para fazer o Planejamento Tributário da sua Empresa Agora.

planejamento tributário

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Muitas vezes o Planejamento Tributário é visto somente como uma simples mudança de regime de tributação, mas não se reduz a isso. O planejamento tributário possui muitos outros objetivos, como os descritos abaixo:

– Reduzir o Tributo: O objetivo mais desejado, claro, é a redução da carga tributária.

Para tanto, todo e qualquer cenário que vise esta redução deve ser pensado e estruturado de acordo a legislação tributária.

– Postergar o Tributo: Como nem sempre é possível a redução da carga tributária, pode-se buscar para as empresas a sua postergação.

Deste modo, a estrutura do planejamento reflete beneficamente no fluxo financeiro da empresa.

– Evitar o Tributo: Dependendo das atividades da empresa, os tributos podem ser evitados.

Um exemplo deste caso é quando uma empresa tem a prática de comprar mercadorias de outros estados e sofre a incidência de tributos na entrada no estado de origem, poderá evitar os tributos fazendo a compra dentro do próprio estado.

Possibilidade de usar benefícios fiscais: Alguns regimes de tributação são favorecidos por benefícios fiscais que se dão de diversas maneiras.

Alguns sobre as atividades, outros pelos forma – como é o caso do e-commerce, e outros pelos produtos comercializados e industrializados.

Além dos objetivos acima, o Planejamento Tributário trará algumas consequências.

Em alguns casos será necessário a mudança de regime tributário, em outros, o aproveitamento de alguns benefícios fiscais e até mesmo a mudança na estrutura da empresa, como a terceirização, tomada de créditos, origem de compras e assim por diante.

Quando se aplica e em qual momento pensar no Planejamento Tributário

O Planejamento Tributário pode ser feito em qualquer época do ano pois não se refere somente à mudança de regime.

O mais comum é que seja feito ao final do ano, assim a empresa pode tomar os meses anteriores como base de amostragem e comparação para o estudo e quando viável a mudança de regime de tributação estará próximo de janeiro e terá tempo hábil e informações necessárias para fazer a mudança e gozar dos benefícios.

4 motivos para fazer seu Planejamento Tributário agora

Todo empresário no Brasil já chegou a uma constatação quase óbvia durante sua gestão: os impostos no país não apenas são exorbitantes como, também, são complexos.

▶Possibilidade de usufruir de diversos incentivos ficais na legislação tributária, é necessário conhecimento de cada incentivo para identificar se a sua empresa está apta a utilizar: Tanto na esfera federal quanto estadual existem diversas possibilidades de usar benefícios fiscais, seja quanto ao ICMS, IPI, PIS, COFINS, IRPJ ou CSLL.

O que precisa ser feito é aprofundar nas operações de cada empresa, em suas particularidades e avaliar se há oportunidades para usufruir destes benefícios.

▶Possibilita ao contribuinte uma carga tributária mínima dentro da legislação: Num mercado acirrado como o atual, qualquer economia tributária pode se tornar uma empresa mais vantajosa.

Além da redução é importante lembrar que só existe Planejamento Tributário se este for feito de maneira lícita, ou seja, atendendo ao conceito de elisão fiscal, onde não há intenção e nem mesmo fatos que burlam a legislação tributária.

▶ Conformidade das obrigações acessórias: Se o Planejamento Tributário dá uma nova estrutura para que a empresa consiga obter economia tributária, é importante que também haja conformidade nas obrigações acessórias, que são partes importantes dentro do contexto tributário.

Não faz sentido reduzir, postergar ou evitar os tributos – que são obrigações principais – se as informações das obrigações acessórias não atenderem à legislação.

▶ Redução de custos administrativos: É certo de que o Planejamento Tributário vai além dos tributos, é muito comum que as atividades internas, sejam modificadas em razão do estudo.

Algumas empresas precisam mudar de fornecedores, de sistemas, de fazer arranjos comerciais e industriais que beneficiarão de um modo que podem reduzir o custo administrativo.

Conheça outros conteúdos da Contabilità SIG em: https://contabilitasig.com.br/blog/

 

 

 

 

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Veja também

Posts Relacionados

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recommended
O deputado Celso Sabino (PSDB-PA) apresentou, nesta segunda-feira (2/8), uma…
Cresta Posts Box by CP